Madalena e Francisco

A M é uma miúda envergonhada, alta e bonita.
O F é um bon vivant, descontraído e extrovertido. Mas há uma paixão onde um e outro não falham, a música. O fado é tradição e tem muito a ver com eles, os táxis são a vida dele e o comme il faut é uma obrigação na vida destes noivos.

Em torno do Fado a Balboa criou as mesas, os marcadores de mesa, e as ementas que indicavam aos convidados que iriam cantar a sua música, e em vez de anunciarem aos convidados “silêncio que se vai cantar o fado” preferiram antes dizer “chegou a hora de cantar o seu fado”. 

Foi um momento único, extremamente Português e o Atelier Balboa foi cativado muito pela positiva.